Aeroclube de Rio Claro - Escola de Aviação Civil


Perguntas Frequentes


Dúvidas mais comuns de nossos alunos

  • Como é a instrução de voo no Aeroclube de Rio Claro?

    O Aeroclube de Rio Claro dispõe de 10 instrutores totalmente capacitados, e como a padronização é fundamental, a escola fornece aos alunos manuais, para cada curso e aeronave com a certeza de garantir um treinamento contínuo e padronizado.

  • Como faço para agendar meus voos?

    O agendamento deverá ser feito atraves de nossa escala On-line pelo endereço:

  • Como faço para chegar no Aeroclube de Rio Claro?

    Clique no link, preencha sua localização e destino para traçar a rota: mapa

  • Como faço para realizar meus voos?

    Todos os voos são realizados com um agendamento antecipado pelo site de escala. O aluno deverá se apresentar com no minimo meia hora de antecedência, para que o avião seja preparado e o Briefing seja realizado.

  • E como os aviões são mantidos em perfeito estado?

    O Aeroclube de Rio Claro dispõe de uma parceria de manutenção com a oficina localizado em nosso aeródromo, realizando reparos rápidos e eficientes, oferecendo aos alunos maior segurança e disponibilidade de aeronaves.

  • E se aparecer alguma dúvida relativa ao meu treinamento?

    Em caso de alguma dúvida apareça, sempre terá um instrutor por perto para resolver seus eventuais problemas.

  • E se precisar me alojar na escola, como devo proceder?

    Na própria Secretaria da escola serão fornecidas todas as informações relativas ao alojamento. Com a disponibilidade de alojamento os alunos não se preocupam em ter um gasto muito alto com hotel ou aluguel de uma casa, já que maioria fica na escola apenas o tempo necessário para a conclusão de seu curso.

  • Quais são os cursos que eu posso realizar no Aeroclube de Rio Claro?

    No Aeroclube de Rio Claro você tem a disponibilidade de realizar os seguintes treinamentos:
    - Piloto Privado de Avião (PPA) - Teórico e prático
    - Piloto Comercial de Avião (PCA) - Teórico e prático
    - Voo por instrumentos (IFR)
    - Instrutor de Voo de Avião (INVA) e Planador (INPL)- Teórico e prático
    - Revalidação de habilitações.

  • Quais são os recursos do Aeroclube de Rio Claro?

    O Aeroclube de Rio Claro oferece a seus alunos:
    - 1 Simulador AATD X-Plane, disponibilizado para o treinamento IFR.
    - Salas de aulas amplas, com ar-condicionado, computador, projetor, e outros recursos didáticos.
    - Alojamento: quartos com 4 camas, armário, roupa de cama, área para estudos com internet wireless.
    - Sala de Operações que oferece apoio aos alunos no solo e em voo, proporcionando maior segurança.
    - Salas de Briefing e De-Brienfing modernas, oferecendo um melhor aproveitamento em todos os voos.
    - Aérea de lazer a disposição dos alunos, com churrasqueira.
    - Além de todos esses recursos, o Aeroclube de Rio Claro ainda tem Estacionamento e uma Lanchonete nas dependências da escola.

  • Quando eu chegar no Aeroclube de Rio Claro, onde preciso ir?

    Assim que chegar na escola, dirija-se até a Secretaria da escola, ali será encaminhado até o departamento que corresponda a sua necessidade.

  • Segurança é levada a sério no Aeroclube de Rio Claro?

    Este tema é, e sempre será de extrema importância na aviação. Portanto, os alunos são instruídos a manter um alto padrão de segurança, como exemplo, realizando sempre a Inspeção Pré-voo.

  • Terei disponibilidade de aeronave no horário que eu escolher?

    Sim, nosso compromisso será cumprir com a escala agendada.

  • Após o PCA, qual a próxima etapa?

    Você poderá realizar treinamento para Instrutor de Vôo ou ainda voar em aviões de pequeno porte, acumulando experiência para prosseguir na sua carreira.

  • As horas de vôo do curso de INVA eu vou realizar em qual avião?

    O mais indicado sera nas aeronaves convencioanis.

  • Como é a etapa teórica do curso de Instrutor de Voo?

    O curso é realizado por professores capacitados e é dividido em 10 matérias:
    - Relações Interpessoais
    - Recursos Audiovisuais
    - Instrutor e a Comunicação
    - Fichas de Vôo
    - Briefing e Debriefing
    - Medicina Aeroespacial
    - Direitos Aeronáuticos
    - Segurança de Vôo
    - Sistema de Aviação Civil
    - Processo Ensino – Aprendizagem

  • Como faço para me tornar um Instrutor de Voo (INVA)?

    O curso de Instrutor de Voo trata-se de uma ótima opção para quem deseja adquirir experiência antes de buscar novas oportunidades na aviação comercial. O curso de INVA permite, ainda, que o piloto atue como Instrutor em escolas de aviação civil. Este curso também é dividido em etapa teórica e prática.

  • E a fase Prática de INVA? Como funciona?

    O curso está dividido em 27 horas de voo, sendo:
    - 04 horas de adaptação
    - 17,5 horas de preparação
    - 04 horas de navegação
    - 1,5 de voo de cheque com examinador credenciado pelo clube.

  • O que eu ganho com o curso de Instrutor de Voo?

    Experiência! Fundamental para quem deseja seguir mais além na aviação, podendo optar por voar na Linha Aérea Comercial, Executiva ou até mesmo na Aviação Agrícola.

  • Quais são os requisitos para me tornar Instrutor de Voo?

    Para o curso de Instrutor de Voo o candidato precisa ter os seguintes pré-requisitos:
    - 18 anos de idade.
    - 2º Grau completo.
    - Ser portador da Licença de Piloto Comercial.
    - Ser portador do Exame Médico de 1ª Classe.

  • Após o PPA, qual a próxima etapa?

    A próxima fase é o curso de Piloto Comercial (PCA). Este curso é o primeiro rumo à profissionalização. Oferecemos o treinamento teórico e prático que permite ao piloto avançar com segurança em sua carreira. Paralelamente, o piloto pode fazer o curso de Vôo por Instrumentos (IFR).

  • As horas de voo do curso de PCA eu vou realizar em qual avião?

    Vários aviões são utilizados de acordo com as características do voo.
    - Cessna ou Convencional: horas visuais.
    - Simulador de Vôo AATD X-Plane: horas de adaptação em voo por instrumentos (IFR).
    - Cessna 172 ou Cessna 152: horas de voo por instrumentos (IFR).

  • Com o curso de Piloto Comercial eu posso fazer o que?

    Você poderá pilotar aviões monomotores em condições visuais e de voo por instrumentos (IFR, para voar sob condições adversas.

  • Como é a etapa teórica do curso de Piloto Comercial?

    O curso é realizado por professores capacitados e é dividido em 14 matérias, dando ênfase especial as matérias da prova da ANAC, que são:
    - Regulamentos de Tráfego Aéreo (IFR)
    - Meteorologia
    - Aerodinâmica e Teoria de Vôo de Alta Velocidade
    - Motores a Reação
    - Navegação Aérea (IFR)

  • E a fase Prática de PCA? Como funciona?

    O curso está dividido em 150 horas de voo, sendo que as horas de PPA já estão inclusas:
    - 70 horas de vôo visual, local e rota.
    - 45 horas de vôo em simulador.
    - 35 horas de vôo por instrumentos.
    - 2,5 de vôo de cheque com examinador credenciado pela clube.
    * incluso curso IFR

  • O que é o curso de Voo por Instrumentos (IFR)?

    No curso de IFR o piloto estará apto a voar em condições meteorológicas adversas, utilizando apenas os instrumentos de bordo, sem nenhuma outra referência externa.

  • Quais são os requisitos para me tornar Piloto Comercial?

    Para o curso de Piloto Comercial o candidato precisa ter os seguintes pré-requisitos:
    - 18 anos de idade.
    - 2º Grau completo.
    - Ser portador da Licença de Piloto Privado.
    - Ser portador do Exame Médico de 1ª Classe.

  • As horas de voo do curso de PPA eu vou realizar em qual avião?

    A aeronave mais recomendada para esta etapa da carreira é Paulistinha, Aero Boero J3 e o Cessna 152. As horas noturnas são realizadas com o Cessna 152 ou Cessna 172.

  • Com o curso de Piloto Privado eu posso fazer o que?

    Pilotar aviões monomotores em condições visuais. Mas o curso de PPA não habilita o piloto a trabalhar profissionalmente. Para que o piloto possa exercer a função, é necessário realizar o curso de Piloto Comercial.

  • Como é dividido o curso prático de PPA?

    O curso está dividido em 46 horas de voo, sendo:
    - 29,5 horas duplo comando, das quais 24,5 em vôos locais (2 noturnas) e 5 em navegação.
    - 15 horas solo, das quais 10 em vôos locais e 5 em navegação.
    - 1,5 hora de voo de cheque com examinador credenciado pela clube.

  • Como funciona a parte Teórica do curso de Piloto Privado (PPA)?

    O curso é realizado por professores capacitados e é dividido em 9 matérias, dando ênfase especial as matérias da prova da ANAC, que são:
    - Regulamentos de Tráfego Aéreo
    - Meteorologia
    - Teoria de Voo
    - Conhecimentos Técnicos
    - Navegação Aérea

  • O que eu preciso para ingressar na carreira de Piloto Civil?

    O curso de Piloto Privado (PPA) é o primeiro passo para quem deseja se tornar um piloto profissional. O curso total é dividido em duas etapas: teórica e prática. O aeroclube de Rio Claro oferece um curso teórico intensivo com duração de apenas um mês, e ao final desta primeira etapa o aluno se submeterá a uma prova teórica da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Caso seja aprovado, estará apto a seguir com o treinamento prático, este com duração aproximada de um mês. No final da etapa prática o candidato realizará um voo de avaliação (Cheque) com um Examinador Credenciado da ANAC.

  • Quais são os requisitos para começar como Piloto Privado?

    Para o curso de Piloto Privado o candidato precisa ter os seguintes pré-requisitos:
    - 17 anos de idade (curso teórico).
    - 18 anos de idade (curso prático).
    - 1º Grau completo.
    - Ser portador do Exame Médico de 2ª Classe.

  • O que é um planador?

    Um planador é um "avião sem motor" de alta performance, desempenho e tecnologia que é rebocado por um avião motorizado até normalmente 600m de altura e utiliza as forças da natureza (correntes de ar quente ascendentes - é a mais utilizada) para voar. Os planadores modernos tem uma relação de planeio de até 60:1. Em outras palavras, no ar calmo pode voar 60 metros para a frente perdendo apenas 1 metro de altura.

    Obs.: Aviões motorizados possuem uma razão de planeio de aproximadamente 9:1 (com motor desligado).

  • Planador é seguro?

    Sim, é muito seguro. Justamente por não ter motor, nós nunca contamos com ele, aprendemos a voar como os pássaros, utilizando apenas as forças da natureza e a habilidade dos pilotos (que são os mais bem preparados de todos). O Voo a Vela é um esporte que tem elevado conteúdo tecnológico, os planadores empregam tecnologias situadas na fronteira dos conhecimentos de aerodinâmica, estruturas, materiais e podem ser equipados com rádios VHF, computadores de vôo e unidades GPS. Outro fator de segurança é o fato de não ter combustível, portanto não explode, nem pega fogo num eventual incidente. Apesar de poucas vezes no Brasil ter sido necessário a ejeção do piloto com o acionamento do paraquedas, o mesmo está convencionado como obrigatório por todos aeroclubes de voo a vela do país.

  • E se acabar o vento, o planador cai?

    NÃO! Observe que num dia sem nenhum vento, se você colocar sua mão para fora da janela de um veiculo em movimento, vai sentir “vento” nas mãos. Ou se estiver andando de bicicleta ou motocicleta vai sentir vento no rosto. Portanto o que importa para o planador (ou um avião!) voarem é o chamado vento relativo, que é o efeito do movimento do próprio planador e portanto não depende do movimento do vento para se manter voando. Numa condição de vento calmo ou sem vento o planador aproveita melhor as térmicas.

  • O que é uma térmica?

    Térmicas são correntes de ar quente ascendentes. O sol passa pelo ar sem aquecê-lo; ele aquece a superfície sobre a qual incide. Esta superfície, em contato com o ar que a circunda, o aquece e assim ocorre uma variação de temperatura entre este ar em contato com a superfície e o que está em torno dele. Como o ar quente é mais leve que o ar frio, esta massa de ar quente se desprende da superfície ( emgeral o solo) , movimentando-se para cima. O planador ao entrar nessa massa de ar que sobe, é levado para cima pela mesma. A referencia visual de uma térmica são as nuvens cumuliformes, que se originam a partir da condensação dessas correntes de ar quente quando atingem o nível de condensação, que depende da temperatura ambiente e da umidade do ar.

  • Como o planador decola?

    Por reboque. Existem duas formas de reboque: por guincho ou avião rebocador. No Brasil é usado o sistema de avião rebocador, principalmente pela segurança deste método, que consiste num cabo (corda resistente) conectado do planador ao rebocador. O processo de reboque dura aproximadamente de 5 a 10 minutos, indo na maioria das vezes até 600 metros de altura, onde o planador se desconecta do avião. Se houver uma emergência, o cabo também pode ser desligado pelo avião rebocador.

  • E se a corda arrebentar?

    O planador continua voando sem nenhum problema. Os pilotos são treinados para administrar essa situação. Em linhas gerais, basta simplesmente regressar à pista e pousar com segurança.

  • Até que altura pode voar um planador?

    O reboque normalmente é até 600 m de altura. Depois de desligar do avião, o planador pode aproveitar as térmicas e subir milhares de metros. O recorde mundial de altitude é de aproximadamente 14.000 metros. Alguns fabricantes estabelecem limites para os planadores ou fazem recomendações para os pilotos sobre os vôos em grandes altitudes. Nesses casos os pilotos devem usar roupas apropriadas e oxigênio comprimido.

  • Quanto tempo dura um voo de planador?

    Um voo de planador pode durar de 10 minutos a 4, 5, 6, 7... horas ou mais... Algumas condições somadas, são responsáveis por vôoos de longa duração; entre eles: a meteorologia, o estado e o preparo físico do piloto, o equipamento voado e a duração das térmicas.

  • Como se pilota um planador?

    O planador tem controles aerodinâmicos convencionais como todo e qualquer avião e em adição o “spoiler” ou freio aerodinâmico. Isto é, diversamente de um balão que voa para o lado que o vento o carrega, no planador o piloto tem controle completo de direcionabilidade. O planador está continuamente descendo, pois o atrito com o ar consome energia e para manter a velocidade constante, ele está sempre descendo (quando ele sobe em uma térmica, como explicado anteriormente, é porque a velocidade de subida do ar da térmica é maior que a razão de descida do planador). Para ganhar velocidade basta apontar o nariz para baixo ou puxá-lo para cima para ir mais lento. Se o nariz for levantado demais e por tempo prolongado, a velocidade reduzirá ao ponto onde o fluxo de ar sobre as asas se descola da superfície da mesma e para de gerar a sustentação; este é o chamado “estol”. Basta abaixar o nariz e ele volta à condição normal de voo. As curvas são feitas inclinando-se a asa para o lado da curva, através de comandos apropriados.

  • Quanto custa o curso de planador?

    O custo do curso de voo a vela pode variar, pois depende da aptidão individual para o aprendizado e da frequência com que os vôos são feitos, etc. A exigência mínima da ANAC é: ter realizado, pelo menos, 15 (quinze) horas de voo em planador ou 45 (sessenta) lançamentos e aterrissagens como aluno piloto de planador; e ter realizado, pelo menos, 10 (dez) horas de voo solo em planador.

  • O que eu vou aprender no curso de planador?

    Você um treinamento num planador biplace (2 lugares) com um instrutor previamente qualificado a dar instrução. Posteriormente, você aprenderá, além da correta utilização dos controles, a executar manobras como decolar, como voar em reboque, como encontrar as térmicas, como se aproximar para pouso e como pousar. Além disso será rigorosamente instruído para lidar com situações de emergência como estol, estol em curva, parafusos, panes de reboque, de freio aerodinâmico, entre outras.

  • E a parte teórica de planador?

    O Aeroclube de Rio Claro possui um curso teórico para ensinar as matérias exigidas. O estudo destas 5 matérias é necessário para uma futura prova obrigatória na ANAC. Quando da matrícula, você receberá o Kit Aluno que contém um livro sobre o voo a vela e o manual da sua primeira aeronave. Mas vale a pena ressaltar que os grandes avanços são também alcançados voando e ouvindo as inúmeras experiências que outros pilotos já viveram. Além de serem aulas são amizades que se constroem sobre um mesmo interesse.

  • Tenho que fazer algum exame?

    Existem dois exames a serem feitos. O primeiro é o de saúde, que pode ser feito no HASP - Hospital da Aeronáutica de São Paulo ou em uma clínica credenciada pela ANAC, comprovando sua aptidão no que tange a saúde. O segundo exame, é o teórico (prova de conhecimentos), que é realizado na própria ANAC em São Paulo, contendo 5 matérias: Regulamentos, Navegação, Conhecimentos Técnicos, Meteorologia e Aerodinâmica.

  • Quero ser piloto privado. O curso de planador traz algum benefício?

    Além de eliminar 15 horas de voo do curso para piloto privado (PP) e até 30 horas para piloto comercial (PC), o curso de planador reconhecidamente dota os pilotos de avião de uma finesse e sensibilidade muito maiores na pilotagem de um avião.